Notícias

Cultura, simplicidade e experiências marcam a 8ª Festa In Vêneto

Com o tema o “Ricordiamo”, um convite para recordar e amar os legados deixados pelos imigrantes colonizadores, mais de 35 mil pessoas visitaram a 8ª Festa In Vêneto, em Cotiporã. A edição inovou com a realização do evento em dois finais de semana (10 a 12 e 16 a 19 de maio), totalizando sete dias de festa.  

Com pavilhão comercial, cultural, gastronomia, shows, 2ª Mostra da Atividade Leiteira e agroindústria, a feira garantiu a divulgação dos costumes herdados pelos colonizadores italianos, alemães e polononeses, bem como, a interação com ambientes, proporcionando experiências simples, mas valorosas. Desde mexer o tacho de polenta,  fazer a marmelada ou amassar o pão, os visitantes puderam degustar das delícias das agroindústrias gratuitamente e viver a simplicidade da cidade de interior.

A Rainha da 8ª Festa In Vêneto, Taís Bergamin Kemerich, afirmou que a maior recompensa pelo trabalho realizado é o carinho que ela e as Princesas Valdirene Gobbi e Sílvia Kaczala, bem como a corte infantil, Rainha Victória Eduarda Gabriel e Princesinhas, Maria Paula Bergamin e Juliana Turcatel, receberam da população. “A gente sente o carinho de uma forma muito singular, e sem dúvida, é o que de mais bonito a gente leva dessa experiência”. Ainda, Taís ressaltou a importância da população para o evento. “Cotiporã, naturalmente é envolvido com a festa, é algo muito bonito do município, que a gente espera que se mantenha. A comunidade se une, faz acontecer e é por isso que a festa é um grande sucesso” concluiu a Rainha.  

Para o Prefeito José Carlos Breda e o Presidente da 8ª Festa In Vêneto Ivaldo Wearich, o evento conquista os visitantes por meio da hospitalidade do povo cotiporanense e do cuidado que a festa têm em garantir a diversão de todos os públicos, desde as crianças até os idosos. Breda ressaltou, durante o encerramento, ocorrido no domingo (19), que a população deve acreditar no seu potencial e falar com orgulho da Festa In Vêneto, afinal, é um dos eventos mais visitados e reconhecidos da região.

 

Fartura gastronômica

A Casa da Mamma foi o maior atrativo do evento, atraindo milhares de pessoas por meio da gastronomia típica italiana. Dentre todas as opções do cardápio, o pão quentinho feito na hora no forno à lenha e a sopa de capeletti, foram os pratos mais vendidos. Segundo a Coordenadora da Casa da Mamma, Leda Pitol Tres, mais de 6 mil pratos de sopa e aproximadamente 3.100 pães foram produzidos e vendidos durante a festa.

Além da Casa da Mamma, a festa ofereceu praça de alimentação com diversidade de opções e restaurante com buffet, no CTG Pousada dos Carreteiros.

 

Riqueza cultural

No pavilhão cultural e pavilhão de shows, mais de 50 atrações compuseram a programação da 8ª Festa In Vêneto, garantindo a diversão durante todos os dias de festa. Desde talentos locais até convidados, a programação contou com danças, teatro, música e humor, ficando marcada pelos shows do Vitor Kley, CPM 22 e Badin, os quais reuniram o maior número de pessoas.

A Secretária de Turismo e Cultura, Patrícia Gabriel ressaltou a preocupação em organizar e selecionar atrações que enaltecessem a cultura e dessem oportunidade aos talentos locais. “Priorizamos as apresentações dos talentos locais e grupos que tinham suas temáticas voltadas à valorização da cultura, afinal, a Festa In Vêneto busca preservar e enaltecer as contribuições dos imigrantes italianos, sem esquecer das demais” pontou Patrícia.

A 9ª edição da Festa In Vêneto está prevista para ocorrer em maio de 2022. 

Como Chegar

Fotos

  • Casa da Cultura
  • Histórico CIA de Teatro
  • Balneário Rio das Antas

Vídeos

  • Vídeo institucional do Município de Cotiporã
  • Morro do Céu
  • Viver, Experimentar, Sentir